Bolsonaro diz que quem roubar em seu governo vai receber ‘voadora no pescoço’; veja

Jair Bolsonaro participou da inauguração de trecho duplicado da BR116, na manhã da última segunda-feira. O Presidente do Brasil fez um discurso de aproximadamente 12 minutos e disse que quem roubar em seu governo receberá uma ‘voadora no pescoço’.

No discurso ele também falou sobre a situação na Argentina, que conheceu os favoritos a presidir o país a partir de 2020. Maurício Macri, que é aliado a Jair Bolsonaro, ficou em segundo nas eleições primárias no país vizinho. O Presidente do Brasil resolveu falar sobre assunto e disse que a Argentina pode virar uma Venezuela: ‘Caso essa esquerdalha se confirme aqui (na Argentina), teremos no Rio Grande do Sul um novo Estado de Roraima’, disse ele.

LEIA MAIS: ‘Não queremos irmãos argentinos fugindo para cá’ diz Bolsonaro após derrota de Macri em primárias

Bolsonaro responde a jornalistas que seu governo ‘não irá petralhar’ e que vai dar ‘voadora no pescoço’ de quem roubar

Um jornalista perguntou a Jair Bolsonaro o que o seu gorverno estaria fazendo de diferente para o progresso de entrega de obras. “Não meter a mão, não ‘petralhar’, não roubar, não acertar com empreiteiras escondidinhas pra lá e pra cá, não dar propina em caixa de não sei do que, não depositar dinheiro em paraíso fiscal, basicamente é por aí”, respondeu o Presidente.

Bolsonaro também contou que em seu governo pode sim acontecer corrupção: “Pode acontecer? Pode. Mas, se acontecer, vai ser voadora no pescoço”, afirmou.

Ver essa foto no Instagram

– Repórter: "por que o seu Governo está dando certo, entregando obras?"

Uma publicação compartilhada por Jair M. Bolsonaro (@jairmessiasbolsonaro) em

Comente aqui!

Simone, da dupla com Simaria, reprova cabelo novo; ‘parece miojo’

Lúcio Mauro Filho fala de João Carlos Barroso, ator do Zorra que morreu