Caso Neymar: Najila Trindade e ex marido são indiciados pela polícia

Najila Trindade, que acusou Neymar de estupro e agressão foi indiciada pela polícia de São Paulo por fraude processual, calúnia e extorsão. O ex-marido da loira, Estivens Alves, também não escapou e foi indiciado por fraude. A justiça entendeu que a baiana mentiu sobre tudo o que disse em relação ao craque da seleção brasileira.

Quem entrou com a denúncia foi o pai de Neymar. Ele acusou a moça de extorção, denúncia caluniosa e fraude processual. Najila também denunciou o marido e por outro motivo, divulgação de conteúdo erótico.

Assistir Brasil e Peru online e sem pagar nada; ver amistoso da seleção ao vivo

A  Secretaria de Segurança Pública local falou sobre o caso Neymar:

“Após o esclarecimento da materialidade delitiva, procedida à realização das respectivas perícias e oitivas, a autoridade também decidiu pelo indiciamento de N. nos crimes de denunciação caluniosa e extorsão”.

Caso Neymar: Najila Trindade é indiciada

“Com base no conjunto probatório reunido durante as investigações, a delegada decidiu pelo indiciamento de N. e Estivens Alves, seu ex-companheiro, pelo crime de fraude processual (art. 347, parágrafo único, CP). Decidiu, ainda, por indiciar Alves pelo artigo 218-C, por divulgar material com conteúdo erótico de N. para um repórter, em troca de publicações suas na internet”.

Assistir Brasil e Peru online e sem pagar nada; ver amistoso da seleção ao vivo

Menino morre após se masturbar 42 vezes? Saiba a verdade