Foi golpe? Temer admite armação contra Dilma: ‘Eu jamais apoiei’

Michel Temer admitiu na noite de segunda-feira (16) que o Impeachment contra Dilma foi golpe. Ele falou isso em uma entrevista aos jornalistas, na bancada Roda Viva. Para quem não sabe, o ex-presidente assumiu o cargo de chefe do executivo após a saída de Rousseff. “Eu jamais apoiei ou fiz empenho pelo golpe”, disse ele.

Laurinha, filha de Bolsonaro, faz videochamada com o pai; veja

Michel Temer nunca tinha dito que o Impeachment foi golpe. Até então,ele não tinha usado essa palavra para falar do episódio ocorrido há alguns anos. O político ainda disse que tentou ajudar Dilma e quis impedir os avanços dos processos contra ela. Contou que essa decisão ocorreu após uma ligação que recebeu de Lula.

“Foi Golpe”, escreveram alguns internautas após declarações de Temer

Após o ex-presidente falar sobre o impeachment de Dilma, muitas pessoas levantaram a Hashtag #Foigolpe no Twitter: Carlutxo fala que eleitores de seu pai são gado. Temer assume que foi golpe. Janaína diz que ganhou 45 mil para mentir. Gaspari diz que Lava-Jato foi golpe. Jornalista da GN chama o presidente de Bozo… Acho que Bostô já pode falar que a facada foi fake. Vai pegar bem”, “Já podem colocar nos livros de história a confissão de Michel Temer“, escreveram alguns internautas.

VER MAIS:

 

 

Professor de La Casa de Papel vai sair da série? Saiba a verdade

Assistir a Liga dos Campeões ao vivo; saiba onde ver online e grátis