Cartão de créditoFinanças

Você empresta seu cartão de crédito? Veja alguns motivos para não fazer isso

É muito comum as pessoas emprestarem o cartão de crédito para aquele parente ou amigo que está precisando urgentemente de dinheiro para comprar um produto parcelado, prometendo que vai pagar certinho todos os meses. O leitor provavelmente deve estar pensando que já fez isso.

Pois saiba que você não está sozinho. Milhares de brasileiros fazem isso todos os dias, sempre confiando que a pessoas vai pagar certo a parcela. Entretanto, muitas vezes, não é isso o que acontece.

Ou a pessoa não paga, ou estoura o limite do seu cartão quando você mais precisa. Das duas uma. Ou, algumas vezes, as duas coisas podem acontecer. E se isso acontece é o seu nome que vai parar nos bancos de dados do SPC ou Serasa.

Não é raro que as pessoas se endividem por ter feito a besteira de emprestar o cartão de crédito para alguém. Bom, se você ainda não está convencido, confira logo abaixo alguns bons motivos para não emprestar o seu cartão.

Tópicos:

Limite estourado

Já imaginou você ir ao mercado, fazer as compras do mês inteiro, um carrinho cheio de coisas, passar tudo no caixa — falta só pagar — e você está munido apenas do seu cartão, o coloca na maquininha e digita a senha: transação recusada! Você ainda tenta mais algumas vezes, mas não, não consegue pagar.

E você fica lá parado com um carrinho carregado, mas não vai poder levar nada para casa. Isso acontece com muitas pessoas que emprestaram o cartão para alguém e o limite acabou sendo ultrapassado. Isso é um bom motivo para evitar o empréstimo do cartão, não é?

Dívidas

Tudo bem, você não ficou sem limite no cartão, muito pelo contrário, está longe de atingir o limite. Entretanto, passado um mês, a pessoa ainda não te pagou, passa-se mais e mais meses e você não consegue quitar a dívida que fica cada vez maior.

Resultado: negativado! Isso é algo que ocorre com frequência com quem empresta o seu cartão de crédito.

Problemas com a Receita Federal

Pode parecer algo bastante fantasioso cair na malha fina da receita federal, mas isso já aconteceu com muitas pessoas que emprestaram seu cartão para outros.

Isso pode acontecer quando a pessoas para quem você emprestou o cartão faz alguma movimentação que ultrapassa a sua renda mensal ou anual, o que faz com que a Receita Federal fique desconfiada, pois algo ilegal pode estar acontecendo, mesmo que não esteja.

Caso isso aconteça, é uma burocracia enorme conseguir escapar às penalidades impostas pelo órgão federal.

Penalidade bancárias

Ao assinar o contrato do seu cartão, você está concordando em não emprestá-lo para ninguém, correndo o risco das penalidades descritas no contrato.

Por isso, para não correr o risco de perder seu cartão, evite emprestá-lo para seus parentes ou amigos.

Negar o empréstimo do seu cartão de crédito pode ser difícil, ainda mais se for para uma pessoas próxima, mas dessa forma você evita problemas futuros que podem complicar sua vida financeira.

Etiquetas

Rakel Liver

Escrevo sobre famosos, curiosidades e principais notícias que estão bombando no Brasil e no mundo. Email: escritornumero01@gmail.com

Artigos relacionados

Fechar
Fechar