in ,

Lula se irrita contra Bolsonaro e insinua que ele não está doente: ‘é pra vender cloroquina’

No dia 17 de julho, Lula e Haddad participaram de um debate em uma conferência entre bancários. Além dos dois, Flávio Dino e Guilherme Boulos participaram da conversa. Lula insinuou que o atual chefe do executivo pode está mentindo sobre está doente e que isso é só mais uma farsa para vender cloroquina.

“Para resolver a crise sanitária, nós precisamos do bom senso do presidente da República e saber que o único remédio que vai curar, que até hoje nós sabemos, é isolamento das pessoas. O isolamento é a única coisa enquanto não tiver a vacina“, criticou Lula.

E ao invés de o presidente juntar o [Instituto] Butantan e outros laboratórios para pensar no que fazer, para colocar dinheiro para os nossos pesquisadores, ele resolve ficar tentando vender cloroquina! Eu acho que ele é sócio do laboratório do Trump, não é possível!”, continuou.

Como é que um presidente da República, tenente expulso do Exército, movido pela ignorância, consegue tentar vender todo santo dia pelo rádio, pela televisão e através das fake news que a cloroquina é a salvação contra coronavírus! Sem nenhuma orientação médica, ele ontem disse que vai obrigar a Fiocruz a orientar a cloroquina. É hora dos pesquisadores, é hora dos nossos médicos não aceitarem cumprir orientação. Eu até acho, Haddad, que ele inventou esse negócio de que está com coronavírus para poder dizer que melhorou com a cloroquina. Parece duro, mas eu estou dizendo. Esse cara é capaz de tudo.”, finalizou.

Escrito por Rakel Liver

Meu nome é Raquel oliveira. Formada em jornalismo e sou escritora em portais de notícias desde 2016. Já fui redatora do site Blasting News. Escrevo sobre famosos, curiosidades e principais notícias que estão bombando no Brasil e no mundo.

Email: raqueloliver605@gmail.com