in

Antes de morrer por Covid-19, enfermeiro de 22 anos escolhe arranjo de caixão e se despede de familiares

Coronavírus não é brincadeira e as pessoas tem que evitar ao máximo de pegar. Um jovem de apenas 22 anos de idade se contaminou com a doença e morreu após ser entubado. Ele já sabia que não resistiria à entubação e se despediu da família horas antes de ir para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

“Quero rosas brancas enfeitando meu caixão”, disse e, em seguida, especificou outro pedido. “Apenas uma (rosa) vermelha”. Logo depois ele disse que estava sendo realista.

Veja o print:

O desejo do filho não foi atendido porque as regras para enterro mudaram desde o surgimento da pandemia. O alto poder de contágio da doença pode facilitar a transmissão para outras pessoas na hora do velório.

“Eu perdi a coisa mais preciosa da minha vida. Ele era uma luz para mim e na hora em que ele morreu, antes mesmo de saber, eu senti meu filho indo embora”, disse a mãe ao Portal G1.

Dê a sua opinião!

Escrito por Rakel Liver

Meu nome é Raquel oliveira. Formada em jornalismo e sou escritora em portais de notícias desde 2016. Já fui redatora do site Blasting News. Escrevo sobre famosos, curiosidades e principais notícias que estão bombando no Brasil e no mundo.

Email: raqueloliver605@gmail.com