in ,

Bolsonaro fala sobre auxílio emergencial até dezembro: ‘não dá para continuar’

O auxílio emergencial está fazendo muita diferença para as pessoas durante a pandemia. Por enquanto, o benefício só durará até setembro segundo próprio chefe do executivo, Jair Bolsonaro.

Ele desmentiu boatos de que o benefício durará até dezembro e falou que “não dá para continuar” pagando os R$ 600 aos brasileiros. De acordo com o presidente, o custo do auxílio é de R$ 50 bilhões por mês.

Alguns estão defendendo o auxílio indefinido. Esses mesmos que quebraram os estados deles, esse mesmo governador que quebrou seu estado, está defendendo agora o emergencial de forma permanente. Só que, por mês, são R$ 50 bilhões. Vão arrebentar com a economia do Brasil”, indicou Bolsonaro.

Mas a informação trazida pelo jornal O Globo é de que o governo estuda a pagar três novas parcelas aos beneficiários do programa do auxílio emergencial, porém com valor reduzido de R$ 200, semelhante ao valor médio pago no programa assistencial do Bolsa Família.

Dê a sua opinião!

Escrito por Rakel Liver

Meu nome é Raquel oliveira. Formada em jornalismo e sou escritora em portais de notícias desde 2016. Já fui redatora do site Blasting News. Escrevo sobre famosos, curiosidades e principais notícias que estão bombando no Brasil e no mundo.

Email: raqueloliver605@gmail.com