in ,

Bolsonaro corta 60% da verba publicitária do governo à Globo

No final de 2019, Bolsonaro fez uma live polêmica. Ele falou sobre a verba do governo à Globo: “Acabou essa mamata, não tem dinheiro público para vocês, acabou a teta”. Dito e feito, o atual chefe do executivo cumpriu a sua promessa de diminuir a propaganda oficial na principal emissora da família Marinho.

Apesar de ser líder em audiência, com média diária de público maior do que RecordTV e SBT juntos, o canal carioca teve a participação reduzida de 39% para 16%, queda de quase 60% na comparação entre 2018 (sob a gestão de Michel Temer) e 2019 (ano do primeiro mandato de Jair Bolsonaro).

Neste mesmo período, a RecordTV e o SBT viram o aumento do investimento em publicidade oficial da Secom (Secretaria de Comunicação da Presidência).

A emissora do bispo Edir Macedo subiu de 31% para 43% do valor aplicado. Já o SBT pulou de 30% para 41%.

Dê a sua opinião!

Escrito por Rakel Liver

Meu nome é Raquel oliveira. Formada em jornalismo e sou escritora em portais de notícias desde 2016. Já fui redatora do site Blasting News. Escrevo sobre famosos, curiosidades e principais notícias que estão bombando no Brasil e no mundo.

Email: raqueloliver605@gmail.com