in

Homem vai ao médico com dor no dedão do pé e descobre câncer terminal

Richard Bernstein, 42, passou os piores dia da sua vida. Ele vinha sentindo uma dor no pé há cinco anos mas pensava que se tratava de uma fratura. Ao visitar o médico, Richard descobriu que estava com um tumor em fase terminal.

O exame, encaminhado a um urologista, identificou ainda um trombo (coágulo no sangue) que cresceu através da veia renal e preenchia a veia cava, que drena sangue para o coração, e tinha 99% das artérias da coronária bloqueadas, além do fígado quase entrando em falência. O bloqueio de veias por conta do tumor e do trombo era o que explicava a dor no pé do aposentado, já que os sintomas de câncer no fígado costumam surgir já em uma fase avançada do tumor.

Após 12 horas de cirurgia, o tumor foi retirado. Por enquanto, os médicos descartam a possibilidade de uma quimioterapia. Richard pede que as pessoas vão ao médico quando sentirem que existe algo de errado no corpo.